"No Seu Mundo" de Jodi Picoult

(Adquira este livro na Wook)
Estou furiosa. A sério! Acabei de ler o “No Seu Mundo” de Jodi Picoult e estou quase fora de mim. Até pensei em esperar umas quantas horas para escrever a minha opinião, mas sinto que tenho de a escrever agora, nem que seja para desabafar e deitar toda esta irritação cá para fora.

A verdade é que não é a primeira nem a segunda vez que um livro da Jodi me põe assim. É um dom que ela tem. ;) Não o de me irritar, obviamente, lol, mas o de nos arrastar de tal forma para o meio da história que não conseguimos evitar envolvermo-nos intensamente.
Intensas, uma palavra perfeita para definir as suas histórias. Envolventes, polémicas, actuais. Histórias e personagens que não nos deixam indiferentes, que nos fazem tomar partido, que nos suscitam os mais diversos sentimentos.

Durante a leitura deste livro fui assolada por um sentimento de impotência tremendo. De tal forma que cheguei a ter pesadelos! O livro ocupava a minha mente durante a maior parte do dia e era com grande dificuldade (e alguma ocasional birra, lol) que interrompia a sua leitura.
O tema, como podem ler na sinopse, não é dos mais fáceis. Mas os temas que ela escolhe nunca o são. Um rapaz com a síndroma de Asperger é acusado de um crime. Nós percebemos o que aconteceu, mas mais ninguém percebe. Aliás, andam todos à volta da questão sem nunca a colocar em causa, sem nunca perguntar realmente o que aconteceu. Quando era tão fácil. Tão simples! É essa a parte irritante em que dá vontade de saltar para dentro do livro e desatar à bofetada. lol

As personagens são, também como habitualmente, muito intensas, e a forma como a narrativa é feita (um capítulo para cada personagem, com os seus pensamentos, os seus sentimentos, a sua forma de ver o que se passa) leva-nos a entender perfeitamente cada uma delas, a pôr-mo-nos no seu lugar.
A personagem que mais me conquistou foi inequivocamente, a mãe de Jacob, Emma. Cada capítulo em que é ela a narrar é uma verdadeira mina de sentimentos e de emoção.
Reparem neste pedacinho na pág. 189 em que ela nos fala sobre ser uma mãe perfeita:

«As Mães verdadeiras interrogam-se porque razão os especialistas que escrevem para as revistas Parents e Goodhousekeeping (...) parecem ter sempre tudo sob controlo, quando elas próprias mal conseguem manter a cabeça à tona nos mares encapelados da maternidade.
As mães verdadeiras não se limitam a ouvir, humildemente envergonhadas, a senhora idosa a dar conselhos não solicitados na fila da caixa quando uma criança está a fazer uma birra – agarramos nela, largamo-la no carrinho de compras da senhora e dizemos: “Óptimo: talvez a senhora seja capaz de fazer melhor.”
As mães verdadeiras sabem que não faz mal comer piza fria ao pequeno almoço.
As mães verdadeiras admitem que é mais fácil falhar do que ser bem-sucedido nesta missão.
(...)
Fiquem tranquilas, mães verdadeiras. O simples facto de se preocuparem por serem ou não boas mães... significa que já o são...»

Percebem o que eu digo?
A verdade é que a Jodi Picoult escreve com alma. E nós lemo-la com coração. Não há mesmo outra forma de o fazer.
Um livro estrondoso que merece ser lido, que merece ser sentido.


Sinopse:
Jacob Hunter é um adolescente: brilhante a Matemática, sentido de humor aguçado, extraordinariamente bem organizado, incapaz de seguir as regras sociais. Jacob tem síndrome de Asperger. Está preso no seu próprio mundo – consciente do mundo exterior e querendo relacionar-se com ele. Jacob tenta ser um rapaz como os outros mas não sabe como o conseguir. Quando o seu tutor é encontrado morto, todos os sinais típicos da síndrome de Asperger – não olhar as pessoas nos olhos, movimentos descontrolados, acções inapropriadas – são encarados pela Polícia como sinais de culpa. E a mãe de Jacob tem de fazer a si própria a pergunta mais difícil do mundo: será o filho capaz de matar?

Críticas de Imprensa:
“Inteligente, obsessivo: No Seu Mundo é um dos melhores livros de Jodi Picoult.”
USA TODAY

“O soberbo romance de Jodi Picoult faz-nos habitar a solidão de Jacob e viver a sua angústia.”
WASHINGTON POST

“Nunca é exagerado salientar a grande escritora que é Jodi Picoult.”
THE FINANCIAL TIMES

“Impossível parar de ler. Ficou na minha mente muito depois de ter acabado.”
OBSERVER

“A autora […] está no seu auge, brilhante e absorvente […] É impossível não se deixar envolver por este drama intrincado e fascinante.”
COSMOPOLITAN

7 comentários:

Cláudia on 28/9/11 disse...

Percebo perfeitamente, quando li o Ilusão Perfeita fiquei com vontade de bater no Alex, enfim... depois lá me lembrei que era só um personagem :)

Pedacinho Literário on 28/9/11 disse...

Também adorei este livro. Tive pena de ter de o oferecer mas assim que tiver oportunidade quero comprá-lo novamente. O tema, as personagens, a intensidade das descrições... é tudo profundamente perturbante e maravilhoso, ao mesmo tempo!

Beijinho*

Patrícia Cálão on 28/9/11 disse...

Gostava de ler este livro. Desta autora li "Dezanove Minutos" e gostei imenso. É como dizes, não há como ficar indiferente.

Tenho na estante "Uma Questão de Fé" para ler.

Bjs**

nana on 28/9/11 disse...

Assim que tiver a oportunidade já sei quel livro comprar :)

miGuel pesTana on 28/9/11 disse...

Já li 3 livros da Jodi, mas este foi o que mais me marcou, como podes ver na opiniao:

http://silenciosquefalam.blogspot.com/2011/02/no-seu-mundo-jodi-picoult.html

An@ on 29/9/11 disse...

Olá
Eu estou actualmente a ler este livro, vou sensivelmente a meio e como de costume nos livros desta autora, estou a viver intensamente a história. Já li todos os livros dela, excepto “Ilusão Perfeita” (mas já está na minha prateleira em espera) e um dos que mais me impressionou foi o “Para a minha irmã” que tem um final totalmente inesperado…
Continuação de boas leituras, bjoca

Verita on 1/10/11 disse...

Quando vi o inicío do comentário assustei-me. Pensei que não tivesses gostado!
Este faz parte da minha whislist e as tuas palavras deixaram-me tão curiosaaaa!!! :)

Os livros desta autora não nos deixam mesmo indiferentes ;)

beijinhos

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

Uma história maravilhosa!

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)